domingo, 1 de janeiro de 2012

Queres desanimar-te? His eye is on the sparrow

Introdução

Um hino cuja letra não condiz com a original em inglês. Como tenho tido a oportunidade de traduzir alguns hinos, não me mostro satisfeito se a tradução, por mais trabalho que dê, não for o mais fiel possível da original. Não é esta, parece, a preocupação de outros que simplesmente fazem uma versão muito distante do original. É o caso deste famoso hino "His eye is on the sparrow" (O olho de Deus está sobre o pardal), que desconheço se existe uma letra em português. Duas versões são apresentadas nesta postagem, a abaixo e a do link de um coral, ambas belas e edificantes mas nada a ver com a original que pode ser lida e no ouvida, na interpretação de Ethel Waters, cuja história contamos superficialmente aqui.

Queres desanimar-te, já não tens teu fervor?

De coração pesado, não crês em teu Senhor?

Pois Cristo é teu amigo, teu guia e protetor,

De tudo que careces, Te supre o Seu favor. (bis)

^^^^^^

Exulta, ó crente, exulta, ao Salvador bendiz;

Por Ele protegido, és livre, és feliz!

^^^^^^

Sendo, porém, tentado, prestes a sucumbir,

Turvo teu horizonte, mui feio o teu porvir,

Procura já chegar-te bem junto ao Salvador,

Pois tudo te garante teu guia e protetor. (bis)

^^^^^^^^

Nunca se turbe, ó crente, teu triste coração.

Eis com ternura exclama, Quem te deu salvação:

"Confia em Mim somente, somente em meu poder,

E nas mansões eternas comigo irás viver!" (bis)

______________


Why should I feel discouraged,/ why should the shadows come/,Why should my heart be lonely, and long for heaven and home,/ When Jesus is my portion? My constant friend is He:/ His eye is on the sparrow, and I know He watches me. (2x)

I sing because I’m happy,I sing because I’m free,/ For His eye is on the sparrow, And I know He watches me.


“Let not your heart be troubled,” His tender word I hear,/ And resting on His goodness, I lose my doubts and fears;/ / Though by the path He leadeth, but one step I may see;His eye is on the sparrow, and I know He watches me. (2x)


Whenever I am tempted, whenever clouds arise,/When songs give place to sighing, when hope within me dies,/ I draw the closer to Him, from care He sets me free;/ His eye is on the sparrow, and I know He watches me. (2x)


História: O tema deste hino é inspirado nas palavras de Jesus registradas em Mateus 6:26.

Civilla Martin foi quem o escreveu e conta como lhe veio a
inspiração para tal:

Na primavera de 1905, meu esposo e eu passamos por Elmira, NY, onde viviam nossos amigos, um casal de nome Mr. e Mrs. Doolittle, verdadeiros santos de Deus.

Mrs. Doolittle por vinte anos estava enferma e acamada. Seu esposo tinha uma incurável paralisia e desenvolvia seu trabalho como homem de negócio em uma cadeira de rodas. Apesar de suas aflições, eram cristãos felizes e traziam inspiração e conforto a todos quantos os conheciam.

Um dia, quando os visitávamos, meu esposo comentou a respeito da brilhante esperança que ambos irradiavam e perguntou-lhes o segredo disso. A resposta de Mrs. Doolittle's foi simples: "O olho de Deus está sobre o pardal, e eu sei que Ele vela por mim!" A beleza dessa simples expressão de tão abundante fé prendeu-se ao coração do Dr. Martin e do meu. O hino nasceu dessa experiência."


Charles Gabriel (1856-1932) foi o compositor da melodia que tão bem ajusta-se à letra.
Aos 15 anos, inspirado pelos hinos da Guerra Civil que ele ouvia, anunciou que quando crescesse queria ser um compositor de hinos, recebendo grande encorajamento de sua mãe.
Ele pensava nas melodias durante o dia enquanto estava plantando na fazenda e, chegando em casa, aperfeiçoava-as durante a noite. A família tinha um pequeno órgão e também adquiriu um piano. Quando ele tinha 16 anos, seu pai morreu e o adolescente seguiu os seus passos tornando-se um professor de canto em uma escola. Ele deixou sua casa no ano seguinte e ensinou canto nos próximos 10 a 15 anos. Times considerou-o um dos maiores compositores americanos. É o compositor de "Brilha no meio do teu viver", "Will the circle be unbroken" e outros tantos conhecidos ou não dos evangélicos brasileiros.
____________________________


Outra história ligada a este famoso hino é a da cantora e atriz afro-americana Ethel Waters (1896-1977). Ela havia se convertido com 12 anos de idade, mas um dia ao adentrar o Madison Square Garden, em Nova York, para assistir a uma cruzada do evangelista Billy Graham, sentiu, nas suas próprias palavras "que o meu Senhor estava me chamando para casa". Uniu-se, então, ao coral de 1.500 vozes e naquelas semanas de campanha refletiu sobre sua vida inteira. Como era atriz, testemunhou da mudança que foi operada em sua vida ao dizer que não poderia mais aceitar representar cada papel que lhe era oferecido e continuar a glorificar ao Senhor.

Ethel participou ano após ano das cruzadas pagando ela mesma todas as despesas que isso implicava. "His eye is on the sparrow", que cantava e declamava no seu estilo peculiar, foi ponto alto no louvor das cruzadas do evangelista Billy Graham.


Que o alegre hino, inspirado por um casal inválido, escrito por dois servos de Deus, com música de um grande compositor e que se tornou famoso por uma atriz e cantora de blues, possa ser a nossa experiência diária.


Fonte: Wikipedia e "Songs of the Night" (Henry Gariepy)

________________________

Links:

Leia a história de outro famoso hino de Civilla Martin - "Deus cuidará de Ti" (God will take care of you) e conheça minha experiência - sozinho no meio da multidão - através desse hino

http://www.paulofranke-historiasdoshinos.blogspot.com/2010/08/nao-desanimes-deus-provera-deus-cuidara.html

Escute "His eye is on the sparrow" na interpretação de Ethel Waters:

http://www.youtube.com/watch?v=KAmSTWcja0M

E uma outra versão do hino por um coral:

http://www.youtube.com/watch?feature=endscreen&v=4GdjRbDsFUk&NR=1

________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário